terça-feira, 8 de março de 2011

Sonho com um feliz dia das mulheres para todas...



... ricas ou pobres, velhas ou jovens, da Índia ou de qualquer lugar do mundo.

Share |

17 comentários:

Jonas Werle Arenhart disse...

Que seu lindo sonho se realize todos os dias Potira!

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Potira
Obrigada pela linda homenagem...
Estou oferecendo um Retiro Espiritual em meu Blog... é tempo de reflexão!!!
Seja muito feliz e abençoada!!!
Bjs de paz

Manu disse...

Isso aí! Parabéns para nós! =D

۞ Potira ۞ disse...

Obrigada Jonas,

=)

Orvalho do Céu, muito obrigada... E sobre a indicação, vi que tu tens mais de um blog, não descobri de qual tu estás tratando, podes deixar o link aqui pra mim?

=D

Parabéns pra nós Manu!!!

=)

♀♥Kiara ♥♀ disse...

Valeu a homenagem! É o que desejo a todas, principalmente à essa menininha que tem uma vida complicada pela frente!

۞ Potira ۞ disse...

Infelizmente, acho que essa menininha precisa de mais sorte do que nós...

=(

LAN disse...

hey cute picture :)

۞ Potira ۞ disse...

Thanks Lan...

I wanna share some of your pics here in my blog. Can I do that? And tag your blog to everyone see?

=D

LAN disse...

hey.. ofcourse :) :) you can do it :)
Thanks a lot in advance..

♀♥Kiara ♥♀ disse...

Concordo com vc, Potira! Precisa mesmo! Essa menininha indiana ou uma menininha de rua explorada pela mãe em SP, não difere em nada, a não ser a nacionalidade!


Maaaaas... Eu li que, em alguns estados (ou províncias q fala?), governos locais estão pagando um valor por cada menina que nasce. Isso procede? E é por um período ou só quando nasce? Porque eu sei que, ultrassom é proibido pra ñ saber o sexo... mas e a questão do pré-natal... como fica?

۞ Potira ۞ disse...

Olha Kiara,

Tu tens sempre que verificar de onde tu tirou esta informação, onde tu andas lendo isso. Tem muita gente reproduzindo sensacionalismo e "aberrações" sobre a Índia. Já vi distorções e manipulações de informações. Um exemplo bem ameno: "Na Índia, mulheres vendem o rim para alimentarem os filhos". De fato, vi na BBC que em uma determinada vila, no interior de determinado estado, houve o caso de famílias camponesas que estavam passando fome. Com o tráfico de órgãos correndo solto, uma mãe decidiu vender um rim e com o dinheiro pode alimentar a família. Isso não quer dizer que todas as mulheres na Índia fazem isso, nem que isso seja regra. Aconteceu.

A Índia é um país imenso, com vários estados e os territórios da união. Todos os dias a mídia propaga diversas notícias em relação à práticas culturais. Mostrar a prática de infanticídio de crianças do sexo feminino tornou-se "comum" e diversas denúncias são feitas diariamente, fora aquelas que acontecem aos milhares e não chegam a ser divulgadas.

Não sou especialista em legislação indiana (e nem pretendo... hahahahaha) mas até onde eu li há ONGS e também projetos governamentais objetivando proteger as meninas e combater o aborto. Não creio que todas as mulheres realizem acompanhamento pré-natal (nem no Brasil, nem na Índia, por diversos motivos).

Ultra-som não é proibido, o que é proibido é que os médicos informem aos pais o sexo do bebê enquanto realizam o exame. Eles devem informar sobre o estado de saúde da criança, não o sexo.

Quanto a tua pergunta "governos locais estão pagando um valor por cada menina que nasce", eu não sei te informar. A minha hipótese é que, se por caso isso aconteça realmente, faça parte de algum programa que busque proteger as meninas e talvez seja desenvolvido em uma escala muito pequena. Ou talvez o benefício seja algo como Licença Maternidade e se estenda a mães de meninos e meninas.

Tente lembrar onde você leu esta informação e verifique as fontes citadas. Se tu encontrares algo interessante, compartilhe aqui conosco.

=)

♀♥Kiara ♥♀ disse...

Oi Potira!

Eu li na Revista Claudia, mas faz muitos anos isso! Era uma matéria sobre a Índia!

vou dar um google intenso pra tentar encontrar rsrs

Eu tenho lido o blog Indi(a)gestão... parece bem nu e cru rsrsrsrs... conhece?

Por isso q tou lendo o teu blog tbm, pq vc vivencia isso, né? Vc tem contato com o povo e cultura indianos... por isso que confio no teu parecer!

۞ Potira ۞ disse...

Kiara,

Espero que tu não me entendas mal e nem aches que eu estou sendo indelicada contigo. Mas eu vou utilizar este espaço pra responder tua pergunta e já fazer um desabafo... hihihihi

Eu discordo total e absolutamente do que tu disse. Mas vamos por partes...

Não leia este blog que tu citou a menos que tu queira ter uma versão deturpada, sensacionalista, preconceituosa, ignorante e profundamente negativista em relação à Índia.

Digo isso não para promover o meu blog como o mais "intelectual" e nerd. Mas digo isso porque tem uma frase que já repeti inúmeras vezes aqui no blog: "Há quem passe pelo bosque e só veja lenha para a fogueira." (Leon Tolstoi)

Eu não vivo na Índia, mas isso não faz da minha análise "menos verdadeira" do que a de alguém que viva lá. Tenho pelo menos uma década de estudos e pesquisas sobre a cultura indiana. Possuo um acervo considerável de livros, revistas, enciclopédias, teses e dissertações, artigos, documentários e filmes que tratam deste tema, fora aqueles que consulto em bibliotecas.

Eu não defiro pareceres, nem é este meu propósito. A idéia aqui é reunir fontes diversas, olhares múltiplos e registros sobre a Índia, sugerindo análises e possibilitando trocas culturais.

Conheço diversas pessoas que vivem na Índia durante anos e dedicam-se a publicar diários virtuais. Há também uma infinidade de blogs, depoimentos, entrevistas e matérias sobre estrangeiros na Índia. E você sabe o que a maior parte deles fazem?

Ao invés de aproveitar as oportunidades para conhecer, refletir, questionar e aprofundar seus conhecimentos eles escolhem passar o tempo fazendo queixas sobre a Índia. Reclamam do calor indiano (porque não vão para a Patagônia então?) reclamam da sujeira (porque não visitam a Suiça então?) reclamam da superlotação (porque não vão para o Pólo Norte então?) reclamam dos hábitos culturais das pessoas (porque não ficam em seus países de origem então?), reclamam, reclamam, reclamam...

Comparam a Índia com seu país de origem o tempo todo, então porque não ficam no conforto de suas casas? Reclamam da culinária local, reclamam da produção cultural, reclamam de tudo e todos.

Com raras exceções, estes que passam uma imagem negativa são pessoas ignorantes que não acrescentam nada em suas vivências estando na Índia. Deveriam voltar para seus países e permitirem-se serem felizes ao seu modo então.

Ao invés de serem gratos pela oportunidade de conhecer o diferente, eles se acham na missão de deflagrar toda a sua decepção em forma de queixas e reclamações.

É relato de turista que passou um mês com diarréia, gente que se sentiu agredida pelos pedintes, mulher semi-analfabeta que acha que encontrou o príncipe encantado e é enganada, roubada, estuprada... Religiosos que vão para a Índia querendo fazer missões (leia-se lavagem cerebral nos indianos e querendo obrigá-los a seguirem outra religião que eles consideram a única maneira de falar com Deus).

Eu fico revoltada!

۞ Potira ۞ disse...

Pra amenizar um pouco a acidez do meu comentário anterior tenho uma frase e um causo pra contar... (quem ler meu comentário anterior vai entender)

A frase é: Deus dá rapadura pra quem não tem dente!

E o causo é para as pessoas que acham que só quem vivencia determinada experiência na própria pele pode falar sobre o tema. Sim, a experiência é importante, mas pode ser desastrosa se não for acompanhada de reflexão e conhecimento!

O causo é: A mulher grávida estava falando com a outra mais velha sobre ter filhos e sobre o parto. As duas estavam envolvidas na conversa quando chegou um homem e começou a relatar sobre os movimentos do bebê dentro do útero, sobre o momento anterior ao parto, as reações do corpo da mulher enquanto o bebê estava nascendo... etc etc etc.

As duas mulheres ficaram chocadas! Não era possível, um homem não tem experiência com trabalho de parto. Um homem nunca deu à luz. Como isso era possível?

Então o homem sorriu e disse: sou médico obstreta.

=D

Mia disse...

Potira, concordo tanto contigo!! Tua explicação aí acima está maravilhosa. E aquela senhora da INDI(A)GESTÃO, sem palavras...
Beijinhos

۞ Potira ۞ disse...

Pois é Mia...

Cada coisa que a gente vê por aí...

=D

Beijinhos e boa semana pra ti!

Eliane Accioly disse...

Potira,

venha sempre ao continente dos meus blogs.
O seu é Índia mesmo! Virei sempre viajar por aqui.
Vou fazer o suco com tangeriana e gengibre,depois te conto,

bjs

Related Posts with Thumbnails