quarta-feira, 2 de março de 2011

Tuk Tuk, riquixá, agitação e aventuras pelas ruas de Delhi

"(...) Agitação, aliás, é palavra branda para descrever o que acontecia ao nosso redor. Andar por Delhi pode ser atordoante. Fiquei até tentando imaginar como é ser indiano e não sentir a interferência disso tudo. Meu amigo certamente nem prestava atenção ao corre-corre. Mas nós, como turistas (e mesmo eu que nem estava lá pela primeira vez), não conseguíamos resistir às imagens que disputavam nosso olhar. Dezenas de homens magros e sujos agachados em frente a restaurantes, esperando o cozinheiro doar um pouco de comida (na tradição muçulmana, você tem o dever de ajudar os pobres); passageiros discutindo com motoristas de tuk tuk sobre o preço de uma corrida; famílias inteiras (e agregados) sentadas em corredores transformados em lojas de tecidos, com centenas de saris (a roupa tradicional para as mulheres), esperando seus clientes; velhos homens de idade imprecisa caminhando apenas com um pedaço de pano na cintura pela fachada do Forte Vermelho. Coisas demais, precisávamos descansar."

Antes de existir o tuk tuk, havia o riquixá. Sem motor (cujo barulinho dá nome ao tuk tuk), ele é apenas uma cadeira atrelada a uma bicicleta - e haja pernas para o condutor conseguir levar dois (ou mais) passageiros pelas ruas da "velha Délhi".

CAMARGO, Zeca. A fantástica volta ao mundo/registros e bastidores de viagem por Zeca Camargo. São Paulo: Globo, 2004. Página 162- 163.

Share |

6 comentários:

R.B.Côvo disse...

Vi no seu perfil o interesse por literatura, por isso deixo aqui o convite para que aceda ao meu blog. Talvez goste. Abraço.

۞ Potira ۞ disse...

R.B. Côvo, eu adoro literatura, pode deixar que estou abrindo aqui o teu blog e quero conhecer sim...

Muito obrigada pela visita e pela indicação pra conhecer teu blog. Seja muito bem vindo por aqui...

Um abraço,

=)

Eder Santos Carvalho disse...

Deve ser bem legal andar nesses Tuk Tuk.E o condutor deve estar sempre em forma, porque para puxar um destes com duas ou mais pessoas, precisa de muita perna!

۞ Potira ۞ disse...

Eder,

Se um dia eu ficar gordinha vou trabalhar puxando riquixá pra manter a forma...

=D

♀♥Kiara ♥♀ disse...

Dizem que a India é assim: ou você ama ou Você odeia! Não tem meio-termo! As opiniões sobre a Índia são tão diversas que fico confusa, sabia? Mas confesso que há coisas na moda que eu gosto muito rsrsrsrs

Quanto à novela Caminho das Índias, não boto muita fé. Pode até ter retratado coisas certas, mas fico na dúvida, ainda mais sobre a polêmica que foi com a novela O Clone!

De qualquer forma, eu gostei do teu blog! Gosto de ouvir, de brasileiros (as), opiniões sobre as culturas do mundo, porque acredito serem mais imparciais possível :)

۞ Potira ۞ disse...

Kiara,

Obrigada pela visita, pelos comentários...

Pois é, eu não acredito em imparcialidade, até porque conheço pessoas que tiveram experiências traumáticas em relação a viagem para a Índia e fazem blogs falando mal do país.

Mas sempre é bacana disponibilizar de diferentes olhares sobre um mesmo assunto... Viva a diversidade!!!

Quanto à novelas, infelizmente não as acompanho, nem tenho televisão. Fico com meus livros e o computador...

=D

Related Posts with Thumbnails