sexta-feira, 30 de setembro de 2011

A Índia me persegue...

Uma surpresa ao ler Ficções de Jorge Luis Borges

"(...) A história começada em Bombaim segue nas terras baixas de Palanpur, demora-se uma tarde e uma noite à porta de pedra de Bikanir, narra a morte de um astrólogo cego numa cloaca de Benares, conspira no palácio multiforme de Katmandu, reza e fornica no fedor pestilencial de Calcutá, no Machua Bazar, contempla nascer os dias no mar desde um cartório de Madras, vê morrer as tardes no mar de uma sacada no Estado de Travancor, vacila e mata em Indapur e conclui sua órbita de léguas e de anos na mesma Bombaim, a poucos passos do jardim dos cães côr de lua. (...)"

BORGES, Jorge Luis. A aproximação a Almotásim. In: Ficções. Porto Alegre: Editora Globo: 1972. pág. 41-42.
Share |

6 comentários:

A VIDA NUMA GOA disse...

O sertão está em toda parte.

A Índia também! =)

۞ Potira ۞ disse...

Certamente Evandro!!!

=)

A VIDA NUMA GOA disse...

Veja isso daqui:

http://www.brejas.com.br/blog/24-09-2011/oktoberfest-india-10631/

Acho que dá pauta pra vc!

bj

Evandro L. Mezadri disse...

Gostei muito de seu blog, ele é um prestador de serviço cultural, informações interessantes.
Grande abraço e sucesso!

Nayara Borato disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Azues. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

http://narroterapia.blogspot.com/

۞ Potira ۞ disse...

Evandro,

Obrigadíssima pela dica! Como sempre tu tens boas indicações!

=)

Evandro Mezadri,

Muito obrigada!

Um abraço!

=)

Nayara,

Seja muito bem vinda! Adoro indicações de blogs, ainda mais quando é um tão bacana como este que tu indicastes...

=)

Related Posts with Thumbnails