terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O que sempre esteve lá...

"Milan Kundera comenta (em L'Art du roman, 1986): "Escrever significa para o poeta romper a muralha atrás da qual se esconde alguma coisa que 'sempre esteve lá'." Sob esse aspecto, a tarefa do poeta não é diferente da obra da história, que também descobre, e não inventa: a história, como os poetas, descobre, em sempre novas situações, possibilidades humanas antes ocultas."

In BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001. p. 231.

Share |

Nômades na encruzilhada das culturas

"Em vez de ser sem pátria, o segredo é estar à vontade em muitas pátrias, mas estar em cada uma ao mesmo tempo dentro e fora, combinar a intimidade com a visão crítica de um estranho, envolvimento com distanciamento - o que as pessoas sedentárias dificilmente aprendem." 

(BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001. p. 236)

   Estive pensando sobre esta questão de estranhamento...

   Ao olhar para as coisas que estão ao teu redor como se fossem estranhas, creio que o contrário também seja válido. Algumas vezes temos uma estranha familiaridade com coisas que não são da nossa pátria, nem do grupo que nascemos.

   Será que estamos mesmo vivendo em uma encruzilhada de culturas e cada um de nós é um nômade que constrói sua identidade como uma colcha de retalhos do mundo?

   Por que esta bobagem bairrista de achar que o lugar de onde veio é o melhor do mundo e os outros estão aquém? Há alguma lei que nos obrigue a exaltar maravilhas do lugar onde nascemos? Sofreremos sempre algum tipo de punição quando ousarmos questionar e criticar algum aspecto da cultura "nativa"?

Share |

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Bombay Sapphire



Eis que pelas minhas andanças vislumbro uma garrafa azul linda no setor de bebidas da loja...

Me aproximei para ver melhor e me deparo com a Rainha Vitória azulada pela "safira de Bombaim".

Não era uma simples bebida azul... Era Bombay Sapphire, o melhor gim do mundo que este ano completa 251 anos!

Vai uma bebidinha aí? Pela glória da rainha?

Share |

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Prato com estampa de penas de pavão

Tapa na cara da sociedade este prato! Tapa na minha cara que fico fazendo piada com a marca brasileira que está comercializando o produto com um preço super em conta!

Achei coisa mais linda desse mundo! Imagina servir um bolo neste prato em uma festa com amigos?


Share |
Related Posts with Thumbnails